Prefeito de BH é intimado ao contrariar decisão que permite cultos e missas

Por Portal do Holanda

04/04/2021 5h35 — em Brasil

Alexandre Kalil, prefeito de BH - Foto: Reprodução

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, foi intimado pelo ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF),  a cumprir "com máxima urgência" a decisão que permite missas e cultos presenciais. Nas redes sociais, o prefeito afirma que as celebrações religiosas continuariam suspensas devido ao agravamento da pandemia do coronavírus no Brasil.

Na decisão, o ministro Kassio Nunes dá 24 horas para que Kalil esclareça "as providências tomadas, sob pena de responsabilização, inclusive no âmbito criminal, nos termos da lei".

De acordo com o Sistema Globo, a Superintendência da Polícia Federal em Minas Gerais foi intimada a garantir o cumprimento da liminar em caso de "resistência da autoridade municipal ou de seus funcionários". Para Nunes Marques, é grave uma "declaração pública de uma autoridade de que não pretende cumprir uma decisão" do Supremo Tribunal Federal.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil