Compartilhe este texto

Polícia prende 22 em flagrante por abusos e exploração sexual

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

30/06/2022 9h22 — em
Brasil



A Polícia Civil de 13 Estados deflagrou na manhã desta quinta-feira, 30, a nona etapa da Operação Luz da Infância, para vasculhar endereços de 74 suspeitos de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes na internet. Há outras 89 ordens de busca e apreensão sendo cumpridas em outros países - Estados Unidos, Equador, Costa Rica, Paraguai, Panamá e Argentina. Ao todo, 163 mandados são executados.

De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, que coordena a Operação no País, 22 pessoas foram presas em flagrante até a publicação desta matéria. Os números devem ser atualizados no final da manhã desta quinta-feira.

No Brasil, as diligências são realizadas nos Estados de Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraíba, Pará, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo. Cerca de 800 policiais estão envolvidos na operação.

O Estado com o maior número de mandados de busca e apreensão em cumprimento é São Paulo, com 43 ordens expedidas. Considerando os demais países envolvidos na operação, nos quais as diligências são realizadas pelos respectivos agentes de aplicação da lei, a Argentina tem o maior número de endereços a serem vasculhados, 68.

A Operação Luz na Infância 8 foi aberta em junho de 2021, quando 176 endereços são vasculhados pela Polícia Civil de 18 Estados e em mais cinco países: Argentina, Estados Unidos, Paraguai, Panamá e Equador.

Nas sete edições anteriores, realizadas entre 2017 e 2020, operação já havia cumprido mais de 1.450 mandados de busca e apreensão e prendeu cerca de 700 suspeitos de praticarem crimes cibernéticos de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes em todo o Brasil e nos países participantes da ação.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil