Justiça suspende vacinação prioritária contra Covid-19 de detentos

Por Portal do Holanda

23/07/2021 21h56 — em Brasil

Foto: Thathiana Gurgel/DPERJ

O Tribunal de Justiça do estado de São Paulo (TJ-SP) suspendeu, nesta sexta-feira (23), a liminar que determinava a prioridade na vacinação contra a covid-19 em todo sistema carcerário paulista em até 15 dias. A decisão atende ao pedido da Procuradoria Geral do Estado.

De acordo com a Agência Brasil, cerca de 56 mil presos foram vacinados seguindo o Plano Estadual de Imunização (PEI) e com a programação por faixa etária. 

“A população privada de liberdade é mais jovem que a população em geral, assim a expectativa é que a vacinação avance a partir do mês de agosto, considerando a ampliação das faixas etárias elegíveis para a vacinação pelo PEI”, diz nota do governo estadual. 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil