Cardiologista é preso suspeito de estuprar paciente durante exame

Por Portal do Holanda

29/10/2020 14h15 — em Brasil

Foto: Pixabay

Um cardiologista de 46 anos foi preso após uma paciente, de 32 anos, ter contado à policia que foi estuprada por ele durante uma consulta em uma clínica particular. O caso caso aconteceu na última quarta-feira (28), em Minas Gerais.

Segundo um site de notícias Globo, logo após o crime, a mulher realizou exames em um hospital público, onde foi constato que ela apresentava lesões na vagina. Ela contou ainda, que na primeira consulta com o profissional de saúde, ele já teria apalpado seus seios e as pernas, mas ao contar ao marido, ele teria relatado que faz partes do exame, mas na consulta de retorno, o médico foi mais ousado, pediu para que ela se deitasse de bruços e após massagear as costas e iniciou a penetração. A vítima o empurrou, mas o cardiologista a puxou pelo cabelo e a obrigou a manter relação sexual. No fim, pediu ainda que ela voltasse após 20 dias.

A Polícia Civil informou que o médico foi encaminhado para um presídio e que as investigações sobre outros possíveis crime ocorrem em segredo de Justiça.