Compartilhe este texto

5 tradições de ano novo inusitadas que vão te surpreender

Por Portal do Holanda

30/12/2021 17h11 — em
Bizarro


Foto: Reprodução/Pixabay

O Ano Novo marca uma época de metas, objetivos e realizações, nesta época é comum que as pessoas resgatem suas tradições para dar início a uma nova jornada. A tradição costuma variar, desde pular ondas no mar até comer uvas. Mas algumas tradições são mais excêntricas que outras, confira 5 exemplos de tradições esquisitas:

1. Quebrar pratos

Na Dinamarca é cultural que as pessoas quebrem pratos na porta de seus entes queridos quando o relógio bate meia-noite. Reza a lenda que, quanto mais cacos existirem, maior será a sua sorte e a quantidade de amigos.

2. Comunicação com animais

Na Romênia, acreditava-se que os animais ganhavam o dom da comunicação na noite do ano novo. As pessoas desejavam um "feliz ano novo" aos seus animais. A tradição dizia que o ideal era que o animal ficasse quieto, pois que a pessoa achasse ter ouvido uma resposta, isso seria sinal de azar.

3. Dormir em cemitérios

No Chile existe uma tradição de Ano-Novo onde os moradores da cidade de Talca se deitam ao lado dos túmulos de seus entes queridos. Acredita-se que os mortos voltam ao mundo para celebrar com os familiares.

4. Derrubar sorvete

Durante a virada do ano na Suíça existe uma tradição onde as pessoas derrubam propositalmente sorvetes no chão, a ideia é que a sobra de comida atraia abundância

5. Briga de socos

No Peru existe um festival chamado Takanakuy, que significa "sangue fervendo". As pessoas usam roupas típicas coloridas, dançam e se reúnem em uma arena onde membros da comunidade saem no tapa. Pessoas de todas as idades e gêneros podem participar e o evento é visto como uma forma de fortalecer laços e resolver desavenças para o ano seguinte.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Bizarro

+ Bizarro