Siga o Portal do Holanda

Governo do Amazonas dá passo perigoso

Publicado

em

O secretário Del Giglio deve ser um ‘mago das finanças’ para adivinhar que até 2021 não haverá aumento na arrecadação do Estado. No seu fechado mundo de expectativas tudo será como agora.

Os servidores do Estado foram colocados numa escala de valor ‘abaixo’ do grupo de outras despesas. Eles ficam sem ‘esperança’ de qualquer melhoria salarial até 2021; as ‘outras’ terão o beneplácito do IPCA. Condenando suas engrenagens à inércia, a máquina vai funcionar?

O secretário Alex Del Giglio, que fala em nome do governo, acha que sim. Para ele, não é a incompetência dos gestores que desalinha os gastos, mas o aumento massivo de servidores.

Del Giglio deve ser um ‘mago das finanças’ para adivinhar que até 2021 não haverá aumento na arrecadação do Estado. No seu fechado mundo de expectativas tudo será como agora.

Por isso sua reforma econômica é para garantir o ‘banquete do rei’, mesmo cortando o já minguado pão dos vassalos. Para Del Giglio, cuidando só do bem-estar do Estado  ele inverte a lógica do próprio Estado, que é crescer sadio e robusto para garantir o desenvolvimento e o progresso para todos os seus cidadãos.

Das duas uma: ou a reforma é apenas uma ‘experiência’ para testar sua força; ou o secretário é obediente à gestão do governo que não quer fechar a torneira dos gastos perniciosos.

Seja como for, esse é o passo mais perigoso dessa nova gestão em seis meses no comando. Vai iniciar uma era de objeções e enfrentamentos que poderá deixar paralisada a administração.


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.