Fausto diz que Wilson apoia David Almeida. Mas que tipo de apoio?

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

18/11/2020 20h32 — em Bastidores da Política

  • Cabe à Polícia Federal e ao Ministério Público Eleitoral investigar o caso. Não basta a negativa das partes. A denúncia, se envolver dinheiro público, é séria para ser banalizada com simples postagens no Instagram, WhatsApp e outros aplicativos com o manjado carimbo de: É Fake News”.

O governador Wilson Lima não é um santo - e a "Operação Sangria", da Polícia Federal, já demonstrou isso.  Mas o fato de dar apoio  a David Almeida nesta eleição - a denúncia é do deputado Fausto Júnior, não faz dele um criminoso. Isso dependendo de que apoio fala o parlamentar. Se for financeiro, a questão é de onde vem o dinheiro  e qual o caminho utilizado para regar  a campanha do candidato.    E David, convenhamos,  não é Pedro, mas pode negar o  suposto apoio de Wilson três  vezes, ou mais, recorrendo ao argumento de  que a denúncia do deputado é  uma“fake news”. 

A denúncia do parlamentar é grave, pelo fato de supostamente envolver dinheiro público.

O que Fausto JR, justificou como motivação para  retirar  o PRTB da aliança com David, é corroborado, em parte,  pela movimentação  de servidores  públicos  pelo governo em apoio ao candidato, o que constitui utilização eleitoral  indevida da máquina pública.

Cabe à Polícia Federal e ao Ministério Público Eleitoral investigar o caso.  Não basta a negativa das partes. A denúncia é séria para ser banalizada com simples postagens no Instagram, WhatsApp e outros aplicativos com o manjado  carimbo de: "É Fake News”.