Siga o Portal do Holanda

SEM COMANDANTE HABILITADO

Marinha obriga Base Arpão, do governo do Amazonas, a voltar para Manaus

Publicado

em

A Marinha do Brasil interceptou  a base  fluvial Arpão, que se dirigia a Coari para  dar inicio ao  combate ao narcotráfico.Na inspeção foi constatado que o comandante não estava habilitado e a base foi obrigada a ancorar no porto de Manaus. Cerca de 50 homens da Policia Militar tiveram que desembarcar. “O Comandante é responsável por tudo e por todos a bordo. É, em princípio, o responsável legal pelas vidas humanas e cargas que transporta”. Deve ser treinado e ter registro na Marinha. A base  não tinha profissional com essas características a bordo.

Seu destino era Coari. o que já havia desde cedo provocado divergências entre a tropa e a secretaria de segurança, uma vez que há um conflito em Nova  Olinda entre facções e que ja resultou na morte de dois policiais.  A Base pretende  combater a pirataria  e os crimes ambientais no estado.

O destino inicial  era o rio Solimões, entre os municípios de Coari (a 363 quilômetros de Manaus) e Tefé (a 523 quilômetros da capital), desencadeando uma série de operações   na região.

Mas agora o projeto terá que esperar a formação de um comandante, ou a contratação de um civil habilitado para comandar a embarcação.

Em nota, o Governo do Amazonas afirmou que "tão logo foi informado sobre o atraso na saída da Base Anzol, iniciou os procedimentos necessários para cobrar do estaleiro o rigoroso cumprimento do contrato, e o célere atendimento das recomendações de fiscalização, exigindo a resolução do problema até esta segunda-feira.".

Já a empresa Juruá Estaleiros e Navegação LTDA informou que é a responsável por disponibilizar a embarcação Base Arpão e já está apurando os fatos e reafirmou o compromisso de prestar adequadamente os serviços contratados. Além disso, está tomando as providências para dar continuidade do transporte.

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.