Embrapa desenvolve guaraná de alta produtividade e resistente à doença

Por Portal do Holanda

30/11/2021 13h30 — em Amazonas

Semente desenvolvida de guaraná tem alta produtividade / Foto Divulgação Embrapa Amazonas

Manaus/AM - Uma variedade de guaraná  foi apresentada nesta terça-feira (30), pela Embrapa Amazônia Ocidental no Amazonas. Denominada de BRS Noçoquém, ela é a primeira desenvolvida pela Embrapa propagada por sementes, além de aumentar em mais de sete vezes a produtividade anual - alcançando 2,3 kg/planta enquanto 0,3 kg/planta é a média do estado do Amazonas - possui resistência à principal doença que afeta o guaranazeiro, a antracnose.

Informações da Embrapa no Amazonas destacam a alta produtividade da nova variedade, que foi comprovada nas avaliações realizadas nos campos experimentais da Embrapa Amazônia Ocidental em Maués e Manaus.

Nesses locais foi verificada uma produtividade média de 2,3 kg/planta/ano de sementes, enquanto a média no estado é de cerca 0,3 kg/planta/ano. Análises realizadas nas sementes colhidas apontam também um bom nível de cafeína, com teores entre 4% e 5%.

A nova variedade também passou por avaliação em áreas de produtores por meio de unidades de observação nos municípios de Urucará, São Sebastião do Uatumã, Maués, Parintins, Silves, onde apresentaram as mesmas características obtidas nos campos

Outro diferencial importante destacado pelos pesquisadores é que representa uma alternativa ao cultivo de guaraná por mudas clonais. Com essa cultivar propagada por semente, espera-se aumentar a quantidade de produtores dedicados à essa cultura e expandir a área plantada no estado do Amazonas.

Com as variedades clonais, é necessário credenciar viveiristas para a produção das mudas, uma vez que a técnica de estaquia precisa de mais cuidados e aumenta o custo para o produtor.

SEMENTES

“A forma de reprodução por sementes possibilita ao produtor fazer suas próprias mudas para expansão dos cultivos, após receber o lote de sementes básicas da cultivar”, ressaltou o pesquisador da Embrapa Amazônia Ocidental, André Atroch. Da mesma forma, a produção de mudas em viveiros licenciados é mais fácil e econômica, diminuindo o preço de venda para o produtor rural.

O período da formação da muda de guaraná por sementes é de aproximadamente 12 meses, desde a coleta ou aquisição das sementes até o plantio definitivo no campo.

O lançamento da BRS Noçoquem será durante a programação da 43ª Expoagro, no dia 9 de dezembro, às 17h horas, no Kartódromo da Vila Olímpica, bairro Alvorada.

Após o lançamento, os interessados em adquirir sementes da nova cultivar de guaranazeiro BRS Noçoquém, podem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone: (92) 3303-7897.  Quem precisar de Informações técnicas ou tiver dúvidas sobre a cultivar, pode acessar o SAC da Embrapa.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas