Relator do impeachment de Wilson Lima reclama de prazo curto para analisar denúncias

Por Portal do Holanda

27/07/2020 13h05 — em Amazonas

Foto: Reprodução

Manaus/AM - Em reunião da Comissão Especial do impeachment do governador Wilson Lima (PSC) e do vice-governador Carlos Almeida (PTB), realizada nesta segunda-feira (27), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o relator do processo, deputado Francisco Gomes (PSC), reclamou do curto prazo para apresentar o relatório sobre as denúncias. A queixa do parlamentar se deu após apresentação de cinco requerimentos solicitando informações da Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam). 

Os requerimentos foram apresentados pelo deputado Roberto Cidade (PV). O relator falou que o prazo para apresentar seu relatório sobre a admissibilidade ou não do pedido de impeachment é curto e com os requerimentos apresentados se torna mais difícil analisar. 

“Eu quero só alertar que esses requerimentos, embora a comissão ache importantes, têm que ser com urgência sob pena de esse relatório ficar prejudicado. É humanamente impossível analisarmos ali quase 1 mil páginas num tempo curtíssimo. Quem tem requerimento, que o faça em caráter de urgência para que o relator não se sinta prejudicado na análise do que já temos, que é muita coisa”, citou Gomes. 

Gomes deve apresentar o relatório sobre o pedido de impeachment nesta quarta-feira (29). O parlamentar e sua equipe está analisando os documentos apresentados pela denúncia e também as defesas do governador e vice-governador.

A Comissão Especial do impeachment tem até a próxima segunda-feira (3) para apresentar o parecer sobre a admissibilidade ou não do pedido de afastamento do governador e vice-governador para ser votada por todos os deputados da Aleam.  

Os requerimentos apresentados por Roberto Cidade pediu informações sobre ocupação de leitos clínicos e de UTI em três hospitais de Manaus; a escala de enfermeiros e técnicos das maternidades Balbina Mestrinho e Ana Braga; também a relação do estoque do hospital João Lúcio. O parlamentar também pediu demonstrativos dos investimentos realizados para compra de medicamentos e ampliação de leitos na atual gestão; os benefícios obtidos com a ExpoAgro 2019; e quais providências foram tomadas após a convocação de secretários pela Aleam.