Jornal da Record dispensa Adriana Araújo após âncora criticar emissora

Por Portal do Holanda

19/06/2020 20h51 — em Famosos & TV

Foto: Reprodução/Record

Com 14 anos no Jornal da Record, Adriana Araújo foi dispensada da bancada do telejornal logo depois de fazer uma crítica à cobertura da emissora sobre a Covid-19. A jornalista não volta à atração já a partir da segunda-feira (22) e será substituída por Christina Lemos. 

Um longo comunicado enviado à equipe nesta sexta-feira (19), o vice-presidente de Jornalismo, Antonio Guerreiro, afirma que Adriana apresentará o Repórter Record Investigação, que volta a ser exibido em julho. 

No Instagram, Adriana afirmou que está bem e celebrou o fim de um ciclo.

Crise de choro e crítica

Segundo o Notícias da TV, a situação estava muito tensa nos bastidores do telejornal e a cobertura sobre a pandemia de Covid-19 estaria deixando funcionários chocados e revoltados. A orientação de Edir Macedo seria de que a cobertura sobre a pandemia seja "suave", sem histórias "dramáticas" ou críticas ao governo. 

Considerada a "Fátima Bernardes da Record", Adriana teria tido uma crise de choro em abril após apresentar o telejornal, e saiu de férias no dia seguinte. Quando voltou, teria cobrado uma cobertura mais realista sobre a pandemia, até chegar o ponto em que tornou a sua insatisfação pública, publicando vídeos com críticas à política do governo Bolsonaro de só revelar os dados de coronavírus a partir das 22h, e cobrando divulgação dos números de infectados e mortos.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Famosos & TV