Clima de violência após jogo deixa dez mortos e feridos em Manaus

Por

13/06/2014 9h15 — em Amazonas

Manaus/Am – O clima de festa depois do jogo da seleção brasileira não deixou por menos a violência na cidade que começou às 14h quando o corpo de um homem não identificado deu entrada no Instituto Médico Legal (IML), onde pelo menos onze corpos deram entrada até as 2h desta sexta-feira.

No Hospital e Pronto Socorro 28 Agosto, zona Centro-Sul, foram registradas três vítimas de acidentes de trânsito, duas de agressão física e uma ferida por arma de fogo. No Platão Araújo, zona Leste, deram entrada duas vítimas de tiros, uma de agressão física e outra de acidente de trânsito.

O Hospital João Lúcio, zona Leste, foi o que teve o maior número de atendimentos com três vítimas de acidentes de trânsito, duas de facadas, mais duas feridas com armas de fogo, além de uma pessoa que sofreu agressão física.

Eduardo Pinto Brandão, 29, levou um tiro no braço esquerdo na manhã desta quinta-feira, quando transitava pelo beco Rosa Branca, no bairro Armando Mendes. Pessoas que viram o atentado disseram que Eduardo foi alvejado por dois homens que estavam em um carro e que a vítima, momentos antes, havia assaltado um micro-ônibus que fazia linha para a zona Leste.

Vítima de facadas, um homem não identificado foi assassinado, por volta das 13h desta quinta-feira, na rua Um, no bairro Amazonino Mendes, zona Leste. O homem tinha entre 40 e 45 anos. O corpo está em uma das gavetas do Instituto Médico Legal a espera de ser identificado por familiares.

José Ferreira Neto, 20, o ex-presidiário Márcio Pinto Ribeiro, 20 e Rangel Rodrigues dos Santos, 22, foram presos, além de um adolescente de 17 – apreendido - por tráfico de drogas na rua Saterê-Mawé, no loteamento Canaã, bairro Terra Nova, zona Norte. O caso foi registrado no 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Nova Cidade.