Compartilhe este texto

A força econômica do Tucunaré


Por Orsine Jr.

27/01/2022 19h14 — em
Turismo, eu acredito!


 Foto: Salomão Rossy

A primeira temporada de pesca esportiva 2022 já demonstrando sua força em gerar efeitos positivos para a economia do Amazonas. Mesmo com o nível das águas da região do médio e alto rio Negro sendo um pouco atípico neste ano, em Barcelos, por exemplo, a movimentação financeira gerada por essa atividade turística é muito grande e contribui para o crescimento econômico do município.

Os resultados da pesca são excelentes e as operadoras estão conseguindo dar um retorno bastante satisfatório aos seus clientes. O Tucunaré, grande protagonista desta atividade, é o “ouro” renovável e sustentável do Amazonas. Este peixe é o atrativo para mais de 700 pescadores esportivos nacionais e internacionais, que já passaram pela região. Sabemos que, cada desportista desta prática emprega em média de sete a oito pessoas diretamente, gerando faturamento para diversos setores.


Foto: Fishing Club @fishingclub / Foto: Salomão Rossy

Uma grande cadeia lucra com esta importante ferramenta do turismo amazonense como motoristas, cozinheiros, pilotos, guias, mercadinhos, postos de gasolina, serviços de receptivo e aluguel de embarcações, comunidades ribeirinhas e seus moradores são beneficiados. Isso sim é interiorização do desenvolvimento!

Por isso, temos que reforçar a proteção e ampliar a Lei de Defeso da espécie a nível estadual. O Tucunaré tem que ser “guardado”, não só em Barcelos, mas em outros municípios como Nhamundá, Coari e Borba que possuem um alto potencial para a atividade da pesca esportiva. Essa matriz econômica de desenvolvimento tem que estar sempre disponível para os turistas.

Por mais defeso ao Tucunaré, o ouro renovável do Amazonas, turismo eu acredito!


Os artigos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados nesta coluna não refletem necessariamente o pensamento do Portal do Holanda, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

ASSUNTOS: Turismo, eu acredito!

+ Turismo, eu acredito!