Compartilhe este texto

Turismo das alturas


Por Orsine Jr.

03/06/2022 19h30 — em
Turismo, eu acredito!


Turismo das alturas

Atrações que elevam os turistas a outro patamar. Esse é o poder do turismo das alturas, que, por meio dos grandes prédios arranha-céu, tem dado destaque à modalidade em várias partes do mundo e oferece vistas fantásticas a quem deseja enxergar tudo mais “lá do alto”. 

Imagina a emoção em visitar um prédio de 105 andares, com vista para três estados americanos e com um chão de vidro para registar fotos incríveis? Essa é uma das novas atrações que o turista pode encontrar em Nova York. Outro país com destaque para esse turismo é Dubai, que possui o prédio com posto mais alto do mundo, com mais de 160 andares, oferecendo ao visitante uma apreciação do pôr do sol duas vezes em um mesmo dia.

No Brasil, temos o famoso e maior símbolo da América Latina, o Cristo Redentor, no Estado do Rio de Janeiro. Construído a 709 metros acima do nível do mar, a atração recebe, em média, 2 milhões de turistas, por ano. Aqui no Amazonas, embora a modalidade seja pouco explorada, temos a Torre de Observação do Museu da Amazônia (Musa), com 42 metros de altura, localizada na Reserva Florestal Adolpho Ducke, em Manaus.

Da Torre do Musa, podemos contemplar a reserva florestal, parte de Manaus, o pôr do sol e o canto dos pássaros, tudo isso de forma silenciosa, bem no coração da capital. Por conta do potencial e das nossas belezas naturais, temos de incentivar mais o turismo nas alturas por aqui e, assim, incentivar o turismo nas alturas no nosso Estado.  

O turismo está em todo o lugar, até nas alturas, gerando renda, emprego e desenvolvimento. Pelo turismo nas alturas, Turismo Eu Acredito!


Os artigos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados nesta coluna não refletem necessariamente o pensamento do Portal do Holanda, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

ASSUNTOS: Turismo, eu acredito!

+ Turismo, eu acredito!