Compartilhe este texto

Festival de Parintins e o “poder” do turismo de eventos


Por Orsine Jr.

01/06/2022 20h40 — em
Turismo, eu acredito!


Foto: Reprodução

Chegou o mês de junho e, com ele, toda magia do Festival de Parintins. Os preparativos para o maior espetáculo da Amazônia estão a todo vapor e devem impulsionar o turismo de eventos na ilha tupinambarana. Neste ano, a 55ª edição da festa dos bois Caprichoso e Garantido deve movimentar R$ 100 milhões, resultado de mais trabalho, mais renda, desenvolvimento econômico, melhoria de vida aos parintinenses e encantamento aos turistas. 

A expectativa é grande em relação ao festival, que é o “motor” da economia de Parintins. Neste ano, a festa vai ocorrer nos dias 24, 25 e 26 de junho e deve atrair mais de 60 mil turistas que, além de apreciar a cultura popular, serão os grandes consumidores do turismo na Ilha Tupinabarana.  No “banzeiro” do festival, a cidade conta, também, com a Serra da Valéria, praias e os cartões postais catedral de Nossa Senhora do Carmo e a orla do Rio Amazonas, de onde se vê um pôr do sol espetacular, como atrativos turísticos.  

O Festival Folclórico de Parintins é a prova de que investir no turismo dá “bons frutos”. A festa significa geração de emprego, renda e desenvolvimento GARANTIDO, caso o investimento seja CAPRICHOSO. Por isso, defendemos mais atenção às festividades dos demais municípios amazonenses. 

Precisamos valorizar mais a nossa cultura e importantes festas e festivais, como a Festa do Cupuaçu (Presidente Figueiredo), Ciranda (Manacapuru), Festa do Guaraná (Maués), o Fecani (Itacoatiara), entre outros tantos eventos culturais presentes no Estado. Essa valorização, certamente, favorece a população e reflete na geração de emprego, renda e progresso. 

Que a força econômica do Festival Folclórico de Parintins sirva de exemplo para outros municípios, pois Turismo Eu Acredito!


Os artigos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados nesta coluna não refletem necessariamente o pensamento do Portal do Holanda, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

ASSUNTOS: Turismo, eu acredito!

+ Turismo, eu acredito!