Carne artificial será mais gostosa e barata, dizem cientistas

Por Portal do Holanda

21/10/2015 1h17 — em Saúde e Bem-estar


Responsável pela equipe que criou o primeiro hambúrguer em laboratório do mundo, há dois anos, o professor e fundador da empresa Mosa Meat, Peter Verstrate, garante que a carne artificial será mais saborosa e barata do que a tradicional.

Inicialmente, no entanto, o hambúrguer em laboratório será vendido apenas por encomenda, segundo a Exame. Porém, se da demanda crescer, é possível que ele passe a ser vendido em grande escala, o que não deverá acontecer antes de cinco anos.
Para produzir o hambúrguer artificial, os cientistas utilizaram células-tronco encontradas em nervos e na pele de vaca. Com elas, foram cultivadas gordura e músculo. Após a retirada das células, elas são colocadas em contato com elementos químicos e nutrientes para, três semanas depois, serem multiplicadas e dividas em recipientes menores. Ainda segundo a Exame, as células adultas transformam-se em tiras de músculos de cerca de um centímetro de comprimento. Já as tiras pequenas são unidas, coloridas e misturadas com gordura para se tornar pedaços de carne. 

+ Saúde e Bem-estar