Homem é indiciado por se masturbar na frente de criança de 10 anos no AM

Por Portal do Holanda

02/03/2021 11h52 — em Policial

Homem foi indiciado - Foto: Reprodução

Manaus/AM - Um vigia de 42 anos foi indiciado por praticar ato libidinoso na presença de uma menina de 10 anos. O fato ocorreu dia 18 fevereiro deste ano no município de Itapiranga.

De acordo com o delegado Aldiney Nogueira, titular da 38ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Itapiranga, disse que na ocasião do crime, a menina abordou o homem e perguntou se ele gostava de tucumã, pois sua mãe estava vendendo, momento em que ele perguntou se a criança gostava de dinheiro e mostrou seu órgão genital e com tom ameaçador pediu para ela não contar à mãe.

“Fomos acionados pela mãe da vítima, iniciamos as diligências de forma imediata e, em seguida, localizamos e conduzimos o suspeito à delegacia. Ele foi flagranteado, passou por interrogatório e foi liberado após pagamento de fiança no valor equivalente a três salários mínimos, tendo em vista que a lei permite o arbitramento em crimes cuja pena não seja superior a quatro anos”, explicou o delegado.

Ainda de acordo com a autoridade policial, chegando à delegacia, o suspeito demonstrou nervosismo e informalmente confessou o crime à equipe de investigação. Porém, durante o interrogatório, ele afirmou que quando ia tirar o dinheiro para comprar o tucumã, acidentalmente acabou mostrando suas partes íntimas, mas o relato não convenceu a equipe policial, principalmente pelo fato da criança não estar em posse da mercadoria.

Após a conclusão das investigações, o Inquérito Policial (IPL) foi finalizado, e o indivíduo foi indiciado pela prática de ato libidinoso na presença de menor de 14 anos, de acordo com o artigo 218-A do Código Penal (CP).

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial