Compartilhe este texto

'Carioca do Fuzil', suspeito de sequestrar e matar empresário é preso em Manaus

Por Portal do Holanda

24/05/2022 13h12 — em
Policial


Corpo foi achado no banco de trás do carro da vítima - Foto: Jander Robson / Portal do Holanda

Manaus/AM – A polícia prendeu na manhã desta terça-feira (24), um homem conhecido como “Carioca do Fuzil”, suspeito de sequestrar e matar o empresário Francisco Bertin Viana, 57, no bairro na rua Seis, do bairro Alfredo Nascimento, na Zona Norte.

O corpo do empresário foi achado dentro de um carro modelo Hilux, no dia 30 de março, na rua Seis do bairro e tinha marcas de estrangulamento. Segundo a polícia, ele tinha sido sequestrado no dia anterior.

O crime teria sido motivado por uma dívida que um homem chamado Erivaldo, também conhecido como Carioca do Fuzil tinha com ele. O homem era inquilino de Francisco, estava devendo seis meses de aluguel e não gostou de estar sendo cobrado pela vítima.

“Ele e a companheira moravam no imóvel da vítima e estavam devendo o aluguel. Francisco estava  cobrando e depois apareceu morto”, diz a delegada Débora Barreiros que conduz o caso.

Durante as investigações à polícia chegou a Erivaldo, que também é apontado como suspeito de organizar ao menos outros três sequestros relâmpagos em Manaus.

De acordo com a delegada, ele e comparsas executavam os crimes e obrigavam as vítimas a transferirem grandes quantias para as contas deles por meio de PIX. “No início do ano a cidade teve alguns casos de sequestros, onde das vítimas eram exigidos PIX e conforme o levantamento das primeiras informações, nós fomos investigando e chegamos a esse rapaz que é o vulgo Carioca do Fuzil”, disse.

A delegada conta que em um dos casos, a esposa do homem chegou a ser presa como suspeita e ele esteve na delegacia para testemunhar a favor dela. “Ele chegou a vir na delegacia para ser ouvido como testemunha nesse sequestro, porque a então companheira dele, a Marizete, foi presa em janeiro aqui conosco, no momento em que nós descobrimos inclusive um cativeiro. Na época, ela foi trazida para cá com outras pessoas” ressalta.

Na ocasião, o Erivaldo se apresentou como Luiz e usou uma identidade falsa que foi descoberta pela polícia posteriormente. Débora conta que com o histórico não foi difícil chegar ao suspeito que encabeça o grupo de sequestradores.

Ele afirma que Carioca ainda está prestando depoimento sobre a morte de Francisco e que por isso, ainda não há detalhes precisos sobre o crime.

 



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Policial

+ Policial