Relatório da Polícia Federal conclui que denúncia contra Amazonino foi forjada por presidente de cooperativa

Por

27/09/2012 7h49 — em Amazonas

Depois de analisar inquérito da Polícia Federal que concluiu que crime eleitoral atribuido ao prefeito Amazonino Mendes foi uma montagem, o juiz   Victor André Liuzzi Gomes  determinou que o caso seja encaminhado à  Justiça Estadual.

A decisão do magistrado ocorreu depois de um relatório da Polícia Federal, que concluiu que a presidente da Cooptrazon, Sueli Gonçalves dos Santos, manipulou os filiados da cooperativa, instigando e induzindo os mesmos a apresentarem perante o Ministério Público Federal falsas denúncias de prática de crime eleitoral contra  o então candidato a prefeito na eleição de 2008.

A presidente da cooperativa foi por denunciação caluniosa, previsto no art. 339, § 1º do Código Penal Brasileiro.

Concluídas as atividades de Polícia Judiciária da União, o relatório foi encaminhado ao magistrado relator que declinou a competência à Justiça Estadual, por entender que o crime encontra-se previsto no Código Penal Brasileiro e não no Código Eleitoral.

NULL

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas