Siga o Portal do Holanda

Esportes

Brasil vence a Bielorrússia por 3 a 1

Publicado

em

Por

A seleção brasileira deu mais um passo na sua luta para conquistar a inédita medalha de ouro na Olimpíada. Neste domingo, na sua segunda partida no Grupo C do torneio olímpico de futebol masculino dos Jogos de Londres, o Brasil conseguiu a classificação para as quartas de final ao vencer a Bielorrússia por 3 a 1, no Old Trafford, em Manchester.

Apesar do triunfo, o Brasil não teve boa atuação. A equipe teve dificuldades para superar a marcação bielorrussa e, como na estreia, levou um susto. Se diante do Egito a seleção de Mano Menezes sofreu dois gols quando estava vencendo por 3 a 0, dessa vez a equipe levou um gol no início e precisou conquistar a virada para vencer. Para isso, contou com o talento de Neymar, com participação decisiva nos dois últimos gols da equipe.

O triunfo deste domingo deixou o Brasil com seis pontos, na liderança do Grupo C, contra três da Bielorrússia. Já Egito e Nova Zelândia, que empataram por 1 a 1 neste domingo, estão com um ponto cada. A seleção brasileira encerra a sua participação na chave de grupos na próxima quarta-feira, quando vai enfrentar a Nova Zelândia, em Newcastle.

A partida deste domingo começou em ritmo lento, com o Brasil tendo controle da posse de bola, mas sem criar chances. Quando a equipe tentava se impor, porém, sofreu um gol. Aos sete minutos, Kozlov cruzou para Renan, que cabeceou. A bola entrou no canto esquerdo da meta defendida por Neto.

Em desvantagem, o Brasil foi ao ataque e criou boas oportunidades. Aos 12 minutos, Marcelo cruzou para Hulk, que cabeceou à direita da meta. O gol brasileiro saiu logo depois. Aos 14 minutos, Neymar cruzou para Alexandre Pato, que cabeceou no canto esquerdo do gol, para empatar o jogo.

Jogador mais perigoso da Bielorrússia, Renan voltou a ameaçar o Brasil aos 14 minutos, com um finalização de fora da área. O Brasil, por sua vez, não conseguiu criar chances efetivas de gol, principalmente por abusar dos cruzamentos, facilmente interceptados pelos bielorrussos.

A saída de jogo do Brasil também era lenta, o que facilitava a formação de uma retranca pela Bielorrússia. O meia Oscar recuava para dar mais agilidade ao time, mas também não tinha sucesso. Já Neymar não conseguia sair da marcação e fez um primeiro tempo apagado. Assim, a seleção brasileira foi ao intervalo empatando por 1 a 1.

O Brasil continuou com dificuldades para encontrar espaço na defesa da Bielorrússia no segundo tempo. Aos cinco minutos, Marcelo finalizou forte de fora da área, mas o goleiro fez ótima defesa e cedeu o escanteio. Depois disso, os lances perigosos escassearam.

Assim, a equipe, que sofria com a marcação bielorrussa, só conseguiu chegar com perigo novamente aos 13 minutos em tentativa de Oscar. O meia fez jogada individual, passou em velocidade pelos marcadores e finalizou. Gutor defendeu e impediu o gol brasileiro.

O segundo do Brasil saiu aos 20 minutos. Neymar cobrou falta perto da grande área com perfeição e acertou o ângulo direito da meta adversária para virar o placar para 2 a 1.

Em vantagem, o Brasil passou a tocar a bola e administrar o placar favorável diante de um adversário, que não teve força ofensiva para buscar o empate. A equipe teve nova oportunidade também em jogada de bola parada. Em cobrança de falta aos 44 minutos, Oscar bateu e o goleiro Gutor fez a defesa.

O Brasil ainda conseguiu marcar o terceiro gol aos 47 minutos. Neymar foi lançado em velocidade em contra-ataque, enfileirou seus marcadores e passou para Oscar, que finalizou bem, com a bola entrando no ângulo direito da meta bielorrussa.

OUTRO RESULTADO Pelo Grupo B, o México derrotou a seleção do Gabão por 2 a 0, com gols de Giovanni dos Santos, e ficou perto da classificação para as quartas de final.

BRASIL 3 x 1 BIELORRÚSSIA


BRASIL - Neto; Rafael, Thiago Silva, Juan e Marcelo; Sandro (Paulo Henrique Ganso), Rômulo e Oscar; Neymar, Hulk (Danilo) e Alexandre Pato (Lucas). Técnico: Mano Menezes.

BIELORRÚSSIA - Gutor; Polyakov, Kuzmenok, Politevich e Kozlov (Gavrilovich); Aleksievich (Voronkov), Dragun, Gordeichuk, Baga e Renan; Kornilenko (Zubovich). Técnico: Georgy Kondratyev.

GOLS - Renan, aos sete, e Alexandre Pato, aos 14 minutos do primeiro tempo; Neymar, aos 20, e Oscar, aos 47 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Kozlov e Dragun (Bielo-Rússia).

ÁRBITRO - Yuicihi Nishimura (Japão).

LOCAL

- Estádio Old Trafford, em Manchester (Inglaterra).


NULL

+ Esportes

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.