Publicações de livros destacam fatos e feitos em Manaus nos seus 352 anos

Por Portal do Holanda

25/10/2021 11h17 — em Manaus

Foto: Divulgação

Manaus/AM - Um dos estudos mais relevantes sobre a Cabanagem, uma incursão na cidade de Manaus no período de 1890 a 1915 e a trajetória dos povos indígenas que migraram para a capital amazonense são algumas das publicações lançadas neste final de semana pela Editora Valer, em comemoração ao aniversário de 352 anos de Manaus, celebrado neste 24 de outubro.

Sob o título “Motins Políticos”, o autor Domingos Antônio Raiol apresenta a história dos principais acontecimentos políticos da província do Pará desde o ano de 1821 até 1835, entre os quais a Cabanagem.

A historiadora Deusa Costa, no título “Quando viver ameaça a ordem urbana- trabalhadores de Manaus”, que é da sua dissertação de mestrado defendida na Universidade Católica de São Paulo, explora a história dos trabalhadores de Manaus de 1890 a 1915 na perspectiva de revelar as condições de vida e trabalho que eles detinham no período em que Manaus era desenhada e colocada como de muito sucesso e riqueza.

De acordo com a autora, o trabalho revela que para o trabalhador essa riqueza do chamado período áureo da borracha não chegou e quando houve a chamada derrocada da borracha, o estado pagou a volta deles, endividados pelo sistema de aviamento, revelando que o glamour daquele período áureo da borracha não foi dividido com os trabalhadores, disse a autora.

Segundo ela, os trabalhadores habitaram uma cidade pobre, sem os serviços públicos urbanos que tinha no centro da cidade. “Essas pessoas eram inviabilizadas nessa idade, colocadas em cortiços de belas fachadas, em bairros suburbanos sem nenhum saneamento básico, mas resistiram por meio de greves, reclamações e manifestações”, revelou a pesquisadora, destacando que os trabalhadores pautaram suas condições de trabalho e busca reverter situações sobre as quais são direitos garantidos na atualidade.

POVOS INDÍGENAS

Outro livro lançado relata uma parte da história dos povos indígena contemporâneos que migraram para as grandes capitais em busca de melhorias de vida.

No título “Sobre flechas e canetas”, o autor Amilcar Aroucha Jimenes traça algumas histórias de indígenas que emigraram para as grandes cidades e nelas, foram obrigados a aprender as formas de lutas e códigos, além da língua.

Também houve o lançamento do livro “Cartões Postais do Acervo de Manaos/Brazil- Carte Postale” de Joaquim Marinho, “Cidade Mítica ou a Cidade Vista pelo Imaginário do Artista”, de Bernadete Andrade (in-memorian) e La Belle Vitrine, de Otoni Mesquita.

O livro “A cidade de Manáos, sua história e seus motins políticos”, de Bertino de Miranda, traz uma contribuição importante para os estudos de historiadores e das ciências sociais, trazendo uma pesquisa baseada em documentos raros e inéditos capazes de despertar a curiosidade e atenção dos leitores.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus