Fiocruz testa pessoas para saber se cepa britânica se espalhou no Amazonas

Por Portal do Holanda

14/05/2021 9h07 — em Manaus

Registro mostra paciente durante de Covid. Foto: Divulgação/ Prefeitura de Salvador

Manaus/AM - Um dia após a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) confirmar um caso da variante de Covid-19 do Reino Unido circulando no Amazonas, a Fiocruz Amazônia informou nesta sexta-feira (14) que mais de 100 pessoas já foram testadas para saber se estão infectadas com a variante.

Conforme apurou o G1, a Fiocruz procura saber se o caso se trata de uma transmissão comunitária ou um caso isolado de infecção. Vale ressaltar que, embora mais perigosa, segundo especialistas, não deve ser pior que a detectada no Amazonas, conhecida como P.1.

A variante britânica, conhecida como B.1.1.7, foi identificada em um morador de São Paulo, de 46 anos, que esteve em Manaus para um trabalho no Polo Industrial. O paciente ainda não foi vacinado e não possui comorbidades.

Para evitar novos casos, somente a vacinação em massa é defendida. Além disto, pesquisadores voltam a reforçar o uso de máscara, álcool em gel e distanciamento.

A variante B.1.1.7 foi detectada no Reino Unido em setembro de 2020, mas já foi encontrada em mais de 100 países. Ela tem 23 mutações em seu código genético e algumas delas se tornaram muito mais capazez de se disseminar.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus