Coleta de sementes de ipês acontece na Djalma Batista, em Manaus

Por Portal do Holanda

25/09/2020 11h14 — em Manaus

Coleta de semente aconteceu à noite por causa do trânsito - Foto: Divulgação/Semmas

Manaus/AM - A Prefeitura de Manaus e o Instituto Soka Amazônia realizaram na noite da quarta-feira,  23/9, a primeira ação noturna de coleta de sementes da espécie em alguns dos ipês brancos do canteiro central da avenida Djalma Batista, na zona Centro-Sul. A atividade, que tem o objetivo de incrementar o cultivo de mudas de ipês, teve também o apoio do Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar.

A ação é a primeira realizada em parceria e atendeu uma solicitação feita à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) pelo Instituto Soka Amazônia. "A intenção é fortalecer  parcerias em favor de projetos de arborização que possam vir a ser desenvolvidos no futuro, em consonância com o que a Semmas e a Comissão Especial de Paisagismo e Urbanismo, já estão fazendo na cidade, onde o ipê tem um papel de destaque", afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Júnior.

Após a floração, que acontece comumente no mês de setembro, os ipês fornecem à natureza a matéria-prima necessária para a produção de mudas da espécie: as sementes. Elas estão presentes nas vagens que surgem nas pontas dos galhos a partir da polinização das flores e garantem o ciclo reprodutivo das árvores.

De acordo com o engenheiro ambiental Rodrigo Izumi, coordenador de Projetos do Instituto Soka Amazônia, cada vagem é capaz de fornecer de 70 a 120 sementes. "As árvores encontram-se em um estágio ideal para a coleta, embora apresentem um certo grau de dificuldade para a execução da coleta no meio urbano em função da altura", afirmou.

Asfalto cria desperdício

Dispersas na floresta, as sementes dão origem a novas árvores ao caírem naturalmente no solo. Porém, na cidade,  ocorre geralmente um desperdício do material tendo em vista a presença predominante de asfalto.

Conforme o diretor de Arborização e Sustentabilidade da Semmas, Deyvson Braga,  a operação de coleta aconteceu à noite por conta do trânsito no corredor viário da Djalma Batista. O Instituto Soka Amazônia já é parceiro da Prefeitura de Manaus, juntamente com o Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM), no projeto Sementes da Vida, que consistiu na doação de muda e plantio de árvores para cada bebê nascido na maternidade Moura Tapajós.

+ Manaus