Compartilhe este texto

Caso Daniel Alves: Ministério Público da Espanha pede nove anos de prisão

Por Portal Do Holanda

23/11/2023 11h32 — em
Esportes


Foto: Reprodução/ Instragram Daniel Alves

O Ministério Público da Espanha pediu 9 anos de prisão para Daniel Alves, acusado de agressão sexual contra uma mulher de 23 anos em dezembro passado, em Barcelona.

De acordo com a agência de notícias "EFE", o órgão espanhou também demanda uma indenização de 150 mil euros (R$ 799 mil) para a vítima.

Na semana passada, o Tribunal de Barcelona notificou as partes sobre o julgamento de Daniel Alves, oficializando o encerramento das investigações e dando cinco dias para a apresentação de acusação e defesa. A data da audiência ainda não foi definida.

Caso Daniel Alves: DNA comprova que houve penetração em vítima, diz jornal

Segundo o GE, o Ministério Público espanhol pediu uma pena dentro do veiculado pela imprensa espanhola, que vinha apontando de oito a dez anos de prisão. A defesa do jogador tentará a absolvição, alegando que as relações foram consensuais.

A Justiça impôs a Daniel Alves o pagamento de 150 mil euros (R$ 799 mil) à vítima caso seja condenado, a título de danos morais e psicológicos. O lateral, que teve três pedidos de liberdade negados, vai aguardar o julgamento na prisão onde está desde janeiro, nos arredores de Barcelona.

O caso

De acordo com os relatos publicados pela imprensa espanhola, a vítima contou no depoimento que no dia 30 de dezembro de 2022 estava na boate Sutton, em Barcelona, quando o grupo do qual fazia parte recebeu um convite para entrar numa área VIP. Um garçom as levou até uma mesa onde estava Daniel Alves, a quem a vítima inicialmente não reconheceu. Um grupo de mexicanos, amigos do jogador, o apresentou à denunciante.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Famosos & TV, Esportes

+ Esportes