Compartilhe este texto

António vê 'falta de refino' em seca de gols recorde do Corinthians

Por Folha de São Paulo

21/04/2024 10h00 — em
Esportes



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O técnico António Oliveira minimizou a maior seca de gols do Corinthians para iniciar um Campeonato Brasileiro desde o início da era dos pontos corridos, em 2003.

O Timão nunca tinha ficado as três primeiras rodadas sem balançar as redes. Neste ano, o time empatou por 0 a 0 com o Atlético-MG, perdeu para o Juventude por 2 a 0 e para o Red Bull Bragantino por 1 a 0.

Diante da equipe de Bragança Paulista, o Timão levou perigo ao gol, tanto que Cleiton acabou eleito pelo Footstats como o melhor em campo. Pedro Henrique chegou a balançar as redes, mas o impedimento foi corretamente marcado.

"Sobre eficácia, tivemos várias ocasiões de gol, mas precisamos do refino técnico. Não vamos acabar com zero gols. Vai acontecer com naturalidade, confio neles. Estamos tristes. Mas é como já disse, as vitórias são deles, as derrotas são minhas. Nos últimos 30 metros temos que ter mais refino. Temos que ter um bom cruzamento, um bom último passe, uma boa finalização", disse disse António Oliveira em entrevista coletiva.

Em 2024, Romero é o artilheiro do time com nove gols, seguido por Yuri Alberto com oito. Os dois jogadores foram reservas na derrota, e António Oliveira afirmou que não poupou, apenas escalou a melhor equipe para aquela partida.

Completam a lista de marcadores: Pedro Raul (3), Maycon e Wesley (2), Arthur Sousa, Giovane e Garro (1). O Timão soma 27 gols marcados em 19 jogos no ano.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes