Fura-fila na vacinação contra Covid-19: os maus exemplos

Por Portal do Holanda

21/01/2021 22h33 — em De olho na Política

Foi preciso o MP intervir para que o velho costume do ‘compadrio’ político e o corporativismo de grupos impedisse que os profissionais da linha de frente do combate à pandemia fossem deixados para depois na vacinação. Por causa do mau exemplo a vacinação teve de ser suspensa, para ser reorganizada.

Um prejuízo que pode ter custado a infecção de mais profissionais de saúde que lidam diretamente com as pessoas que chegam e as que estão hospitalizadas com a doença.

Conta errada

O puxa-encolhe da vacina começou no dia 18. Wilson Lima anunciou, que o Amazonas havia recebido 256 mil doses da Coronavac. No dia 19 o governo corrigiu para as 282.320 doses despachadas pelo MS. E a FVS-AM confirmou esse número ontem. A pressão popular evitou que 26.320 doses ‘sumissem’.

Transparência

Ontem venceu o prazo para a entrega da lista de transparência da vacinação, e o presidente do TCE-AM, Mário de Mello, concedeu mais 24 horas para os secretários de saúde do governo e da prefeitura de Manaus. O TCE pode aplicar multas e até pedir a exoneração deles.

Medidas de prevenção 

Como medida de precaução para a segurança dos servidores e manter o funcionamento dos serviços no órgão, o presidente do TJAM, Domingos Jorge Chalub, baixou portaria que prorroga o trabalho remoto até o dia 1º de março deste ano. Apenas os serviços presenciais essenciais continuam no prédio.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ De olho na Política