Mar de Aral vira deserto e prova de mudanças climáticas causadas pelo homem

Por Portal do Holanda

19/07/2021 11h49 — em Curiosidades

Foto: Divulgação NASA /  O Mar de Aral, que foi a quarta maior massa de água interior do mundo

A letra da música “Sobradinho”, da dupla Sá e Guarabira já anunciava a possibilidade do mar virar sertão. Pois na União Soviética isso aconteceu com o Mar do Aral, que vem encolhendo desde a década de 60 do século passado, num dos maiores exemplos de mudança climática causadas pela ação do homem.

Estudiosos indicam que naquela década,  a União Soviética iniciou um grande projeto de desvio de água nas planícies áridas do Cazaquistão, Uzbequistão e Turcomenistão, atingindo os dois principais rios da região, alimentados pelo derretimento da neve e pela precipitação em montanhas distantes.

Como resultado do projeto, o deserto floresceu, mas oportunizou a devastação do Mar de Aral.

Antes do projeto, os rios Syr Darya e Amu Darya corriam das montanhas, cortavam o noroeste através do deserto de Kyzylkum e finalmente se reuniram na parte mais baixa da bacia.

Uma série de imagens do satélite Terra da NASA, vem documentando as alterações desde o início do ano de 2000. Naquele ano, o lago já era uma fração da sua extensão de 1960. O Mar de Aral do Norte, também chamado de Mar de Aral Pequeno, havia se separado do Mar de Aral Sul, chamado de Grande.

DESASTRES

Estudiosos apontam uma sucessão de desastres ambientais que contribuem para o desaparecimento daquele curso de água. A partir da seca do mar, a pesca e as comunidades que dependiam deles entraram em colapso e a água, cada vez mais salgada, está poluída com fertilizantes e pesticidas.

Outro problema é a poeira do leito exposto, também contaminada com produtos químicos agrícolas, que vai para o lago e o degrada, da mesma forma que faz isso no solo. Uma das alternativas usadas é lavar as áreas de cultivo com volumes cada vez maiores de água do rio.

Outra consequência é que a perda da influência moderadora de um corpo d’água desses tornou os invernos mais frios e os verões mais quentes e secos.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Curiosidades