Oferta de vacina da Pfizer ficou 2 meses sem resposta, diz Wajngarten

Por Portal do Holanda

12/05/2021 12h02 — em Brasil

 Fabio Wajngarten durante CPI da Covid - Imagem: Reprodução/TV Senado

O ex-secretário de Comunicação Fabio Wajngarten afirmou durante CPI da Covid, nesta quarta-feira (12), que uma carta da Pfizer ao governo com oferta de doses de vacina para o Brasil ficou sem resposta por 2 meses.

O documento teria sido enviado no dia 12 de setembro. Wajngarten disse que só teve conhecimento no dia 9 de novembro e que até esse período a carta ficou sem resposta. 

Ainda em depoimento, o ex-secretário contou que a carta foi endereçada ao presidente Bolsonaro e ao (ex) ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e ao ministro da Economia, Paulo Guedes. 

Após tomar conhecimento da carta através de um dono de uma veículo de comunicação, ele disse que em novembro respondeu e recebeu um telefonema do presidente da Pfizer no Brasil, Carlos Murillo. 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil