Compartilhe este texto

Estudo revela que vacina BCG é ineficaz em adultos para tuberculose

Por Portal Do Holanda

28/02/2024 19h09 — em
Brasil


Foto: Pixabay

A vacina BCG é ineficaz quando aplicada em adultos, contra infecção inicial pelo agente causador da tuberculose. Essa é a conclusão de um estudo da Fiocruz, que ainda destaca a importância de serem desenvolvidas novas vacinas para a prevenção da doença.

De acordo com o estudo publicado na revista britânica The Lancet, nessa segunda-deira (26), o imunizante é tradicionalmente aprovado para prevenir a forma grave da tuberculose em crianças até 5 anos. Porém, a sua eficácia é reduzida ao longo dos anos, tornando-se incerta na fase adulta.

Juarez Cunha, pediatra e diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações, explica que a pesquisa confirma as condutas atuais de vacinação. “O que já se tinha anteriormente, que nós temos dados, é de que a vacina protege contra as formas graves de tuberculose, em especial na infância e principalmente no primeiro ano de vida. E é exatamente assim que a gente utiliza”.

O estudo da Fiocruz faz parte de um ensaio clínico maior de imunização com BCG, que teve como objetivo principal avaliar a eficácia da vacina em trabalhadores de saúde contra covid-19. Os resultados mostraram que a vacinação também foi ineficaz para prevenir a infecção neste público.

Para Juarez Cunha, uma das principais conclusões é a necessidade de mais vacinas contra a doença. “Existem outras vacinas que estão sendo pesquisadas para tuberculose. É interessante sim que esses estudos sejam estimulados para a gente ter vacinas mais eficazes e com proteção mais duradoura e que possam ser utilizadas em outras faixas etárias”.

O especialista também destaca que a BCG tem proteção bastante elevada para tuberculose mais grave, sendo fundamental realizar a vacinação na rotina das crianças na faixa etária até 5 anos.

Com informações da Agência Brasil


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil