Compartilhe este texto

Fumante é esquartejado por colega de quarto que odeia cigarro

Por Portal do Holanda

14/05/2018 10h13 — em Bizarro

Reprodução/Daily Mail

O russo Eduard Assylov, de 37 anos, foi assassinado brutalmente por seu colega de quarto, que confessou o crime alegando que odiava o fato da vítima ser fumante. De acordo com o Daily Mail, o mecânico foi morto com 40 facadas, e ainda foi decapitado e teve seu pênis e membros cortados.

Partes da vítima foram encontradas por vizinhos no corredor que ligava os quartos alugados, a cabeça e o pênis do homem foram deixados na cama.

“Ele foi esfaqueado nove vezes no estômago e cinco vezes na virilha. No total, Assylov foi atacado 40 vezes antes de ser desmembrado”, revelou um porta-voz da polícia.

O acusado afirmou também ter cortado as orelhas da vítima e o dedo médio da mão esquerda.

As autoridades começaram a investigação com a hipótese de um ataque por um “rival romântico”. Porém, tudo mudou quando o colega de quarto do homem, cujo nome não foi divulgado, confessou o crime.

O homem de 45 anos que dividia o quarto com Assylov na capital russa,  explicou que os dois sempre discutiam sobre cigarros, já que a vítima era fumante e o responsável pelo crime não gostava do hábito.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Bizarro

+ Bizarro