Desesperador! Funcionária é atacada por crocodilo em zoológico e é salva por turista

Por Portal do Holanda

17/08/2021 21h35 — em Bizarro

Foto: Reprodução

Um momento aterrorizante foi registrado no zoológico Scales & Tails, em Utah, nos Estados Unidos, durante uma demonstração a crianças.

A funcionária do local, Theresa Wiseman, explicava para os visitantes sobre o crocodilo, e abriu a porta para alimentá-lo. No entanto, o animal agarrou a sua mão e a puxou para a água, sendo arrastada em movimentos rotatórios.

Lutando pela sobrevivência, a mulher acaba sendo ajudada por um visitante numa ação heroica. Ele grita por ajuda: “Temos problema aqui!”. Ela aponta para cima do dorso do réptil, pedindo que o visitante suba no animal. Em uma ação heroica, o visitante, que mais tarde foi identificado como Donnie Wiseman, pula em cima do crocodilo e o prende com suas pernas. O homem permanece em cima do crocodilo, enquanto o animal mantém a mandíbula fechada com a mão da funcionária dentro.  Enquanto isso, a tratadora de animais explica ao visitante como ajudá-la. 

Um outro visitante tenta auxiliar, conversando com os dois dentro do cercado. Quando o réptil rapidamente libera a mão da mulher, um outro visitante age rapidamente, a puxando para fora do local do ataque. Donnie permanece montado no crocodilo, empurrando a cabeça do animal para baixo. Quando encontra oportunidade, sai correndo para fora da jaula.

A esposa de Donnie é enfermeira, e ajudou nos primeiros socorros antes da chegada das equipes de emergência. A situação desesperou crianças no local. É possível ouvir uma delas gritando “Mommy” (mamãe) repetidas vezes.

O dono do zoológico, Shane Richins, afirmou que a tratadora foi submetida a uma cirurgia e está tomando antibióticos. 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Bizarro