‘Camarões-dinossauro’ surgem no deserto do Arizona após chuva

Por Portal do Holanda

08/10/2021 16h19 — em Bizarro

Foto: Reprodução

A chuva invulgarmente forte no deserto do Arizona causou o aparecimento de criaturas mais invulgares. De acordo com oficiais do Monumento Nacional de Wupaki entrevistados pela Live Science, animais pré-históricos eclodiram e começaram a nadar no lago formado pela chuva. Estes são "triops", nomeados em homenagem aos três olhos.

Esta espécie se assemelha a um caranguejo, tem ferraduras, tem uma longa história e é comumente conhecida como "dinossauros camarões". Segundo a Central Michigan University, os ancestrais desses crustáceos evoluíram durante o Devoniano, que ocorreu entre 419 milhões e 359 milhões de anos atrás. Eles são ainda mais velhos do que o próximo dinossauro e, segundo consta, existem há cerca de 250 milhões de anos.

Além disso, segundo a agência, os ovos dessa espécie podem ficar sob o solo desértico por décadas, até que chova o suficiente para formar um lago, amadurecer os filhotes e dar espaço e tempo para a próxima geração botar os ovos.

Inicialmente, Lauren Carter, a intérprete-chefe do Monumento Nacional Wupatki, pensou que fossem girinos de rã, mas sentiu que havia sido exposta a esta espécie enquanto trabalhava no Parque Nacional da Floresta Petrificada no nordeste do Arizona, e se lembrou do relatório de Triops.

"Então eu tive que estudá-lo", disse ela ao Live Science. Além de uma espécie de "escudo", as criaturas encontradas no Arizona podem crescer até 4 centímetros. Os três olhos consistem em dois olhos grandes com círculos escuros (como os olhos de uma libélula ou de uma abelha) e um olho pequeno no meio.

Consiste em fotorreceptores simples que ajudam essas criaturas a detectar a luz. A expectativa de vida desses animais é de 90 dias, mas antes mesmo que o lago seque, quatro semanas, pássaros como os corvos descobriram um novo alimento.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Bizarro