Siga o Portal do Holanda

Venda da Manaus Ambiental deve ser investigada

Publicado

em

Como concessionária de serviços e administrando ativos do Proama, uma rede de distribuição de água  hoje avaliada em  R$ 700 milhões,  pertencente ao Estado e ao Município de Manaus,  portanto fora do guarda-chuva da privatização do sistema, ocorrida em 2002, a Manaus Ambiental precisa explicar os negócios com a Aegea Saneamento, para quem vendeu seus ativos na cidade. 

Somente na construção  da Estação de Captação de água na Zona Leste há investimentos de R$ 230 milhões do Estado do Amazonas. Concluído, o projeto valorizou muito. Passa dos R$ 700 milhões. A prefeitura de Manaus investiu R$ 60 milhões para ligar  a tubulação às residências. 

É esse dinheiro que precisa ser  preservado. São recursos da sociedade dos quais a concessionária usufruiu até aqui sem a contrapartida que se esperava: agua nas torneiras, de forma ininterrupta. 

O que a Aegea vai fazer? Que responsabilidades assume? Que garantias de serviço vai oferecer à população da cidade? Como fica o Proama ?   São perguntas que precisam de respostas.

Como concessionária de um serviço essencial e dependente  de investimentos do Estado e do Município, a Manaus Ambiental tem o dever de dar explicações. Prefeitura e Estado ficam com a responsabilidade de informar se foram consultados sobre o negócio com a Aegea e se os termos da privatização de 45 anos  abrem espaço para a venda da  concessão . Se abrem, precisam vedá-lo para que se moralize de vez um serviço fundamental à população de Manaus    

WILKER QUER EXPLICAÇÃO

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, Wilker Barreto, disse à coluna que está convocando a Manaus Ambiental para explicar os termos da venda de seus ativos para AEDES. Ele  admite  a possibilidade de uma severa investigação sobre o negócio feito sem muita clareza ou publicidade. 

"AGORA HÁ ORDEM

Do secretário estadual de Segurança Pública, Bosco Saraiva, ao comentar o impacto financeiro de R$ 1,7 milhão resultante das promoções de 1.800 oficiais da Polícia Militar: “É uma honra para o governo contemplar esse compromisso, porque agora há ordem, diferente da desordem anterior”.

OMAR CIDADÃO

Está marcada  para o dia 8 de março, na Câmara Municipal de Parintins,  a sessão especial de concessão do título de Cidadão Parintinense ao senador Omar Aziz (PSD).

CDL-AM AJUDARÁ

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador Wilker Barreto (PHS), diz que a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-AM) será parceira na divulgação da lei nº 2241/2017, que assegura prioridade a idosos, gestantes, pessoas com crianças de colo e pessoas com deficiência em todos os caixas e guichês de atendimento, sejam de locais públicos ou privados da capital amazonense.

BRASIL EVANGÉLICO

Conforme o demógrafo José Eustáquio Diniz Alves, da Escola Nacional de Ciências Estatísticas do IBGE, o Brasil está deixando de ser  católico para virar um país evangélico. Pesquisas por amostragens mostram que as igrejas católicas perdem mais de 1% de fiéis ao ano, enquanto os evangélicos ganham 0,7% de novos adeptos em cada ano. O demógrafo estima que dentro de 10 ou 15 anos, o Brasil não terá mais maioria católica.


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.