Compartilhe este texto

Rafael Cardoso reaparece e após sumiço das redes

Por Folha de São Paulo

14/06/2024 19h00 — em
Arte e Cultura



RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Rafael Cardoso, 38, voltou para as redes sociais e mostrou o resultado de uma recente harmonização facial. O ator estava afastado da web desde o fim do ano passado quando se envolveu em uma confusão com o dono de um restaurante na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, e após publicar declarações consideradas homofóbicas. "Me excedi, cometi excessos, me arrependo de muitas coisas", reconhece.

Em uma entrevista, ele lamentou o afastamento dos filhos, Aurora e Valentim, de 7 e 4 anos, fruto de seu relacionamento de 16 anos com Mari Bridi. O casal anunciou a separação em dezembro de 2022. "É difícil uma ruptura dessas, de criação dos filhos. Estou há um ano sem vê-los, presencial. Tudo isso bagunça a cabeça. Não estou aqui para me vitimizar, não sou vítima e nem quero ser. Isso mexe com a cabeça", afirmou ao programa Desconecta Rio, da TV Caras.

Pai de uma menina, Helena, de seis meses com a psicóloga Carol Ferraz, ele ainda fez um balanço do período em que ficou longe das redes. "Me desconectei, eu cheguei até a escrever que andava tão distante de mim mesmo que qualquer perdido me achava", comentou e voltou a falar das polêmicas.

O ator teve flertes virtuais com outras mulheres expostos, inclusive com menores de idade, compartilhou uma "piada" de Nego Di sobre João Guilherme de cunho homofóbico, e ainda agrediu um homem de 64 anos. "Acabei me perdendo em alguns momentos, me perdi por excesso também, compulsividade. Tive que sumir para conseguir estar aqui hoje, sereno."

O novo visual do ator chamou atenção e ganhou elogios dos seguidores. Rafael está se preparando para gravar um filme e resolveu dar repaginada.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Arte e Cultura

+ Arte e Cultura