Morre Roberto Calasso, crítico literário e um dos maiores editores da Itália

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

29/07/2021 12h37 — em Arte e Cultura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O escritor, crítico literário e editor italiano Roberto Calasso morreu, aos 80 anos, nesta quarta-feira (28), informou a editora Adelphi, presidida por ele até então. A causa da morte não foi anunciada.

Nascido em em Florença, em 1941, o intelectual já publicou livros sobre textos védicos, um ensaio sobre mitologia grega, críticas literárias e reflexões contemporâneas sobre o setor editorial.

Calasso é autor de sucessos como "O Ardor", "Ka", A Folie Baudelaire" e "La Ruina de Kasch".

No ano passado, o italiano publicou "O Inominável Atual", em que definiu o mundo atual como um esvaziamento da ordem civilizatória, e "A Marca do Editor", em que reflete sobre a própria trajetória a partir do processo editorial e de importantes nomes da literatura do século 20.

"Agradecemos às inúmeras mensagens de carinho. Há muito mais a ser dito, mas em momentos como este, o silêncio é preferível", diz a publicação da Adelphi nas redes sociais.

Fundada em 1962, a Adelphi, que hoje é uma das maiores editoras italianas, vinha sendo presidida por Calasso desde 1999.

A editora é conhecida por publicar livros de nomes como Friedrich Nietzsche, Sándor Márai, Fernando Pessoa, e Jorge Luis Borges.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Arte e Cultura