Compartilhe este texto

Laura Pausini revisita 30 anos de carreira em show eletrizante em São Paulo

Por Folha de São Paulo

03/03/2024 12h00 — em
Arte e Cultura



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora italiana Laura Pausini voltou ao Brasil para um show eletrizante na noite deste sábado (2), em São Paulo. Em três horas de apresentação, Laura mostrou toda a potência da sua voz e de sua banda para cantar sucessos de seus 30 anos de carreira, além das canções de "Anime Parallele", seu primeiro álbum de inéditas após cinco anos.

Após uma entrada discreta no palco, dançando com os quatro bailarinos, Laura iniciou o show com três músicas do disco novo -"Il Primo Passo Sulla Luna", "Durare" e "Un Buon Inizio"- e deu o tom do que viria pela frente: um grande telão que reproduzia imagens da própria Laura, iluminação que dançava com as músicas e arranjos musicais com uma pegada mais rock and roll, com peso nas guitarras, baixo e bateria.

"A primeira coisa que gostaria de dizer é que eu dedico este show à minha mãe brasileira: Hebe Camargo", afirmou Laura, ao dar as boas-vindas ao público e dizer em bom português que estava muito feliz por estar novamente no Brasil. A apresentadora brasileira é uma das personalidades citadas no filme autobiográfico "Muito Prazer, Laura Pausini", lançado em 2022 e disponível no Prime Vídeo.

Laura fez do show o que ela mesma define como uma espécie de um conto feito com canções, além de algumas brincadeiras, fotos e vídeos de sua vida pessoal. Em um momento mais intimista, compartilhou sua dificuldade de engravidar e quando pediu em casamento seu companheiro de quase duas décadas: Paolo Carta, um dos guitarristas de sua banda e diretor musical da turnê. Cantou "Celeste" e dedicou aos casais que querem ser pais enquanto o telão mostrava imagens de Laura, Paolo e Paola, filha que tiveram juntos.

"Nosso amor não precisava de um documento para ser verdadeiro", contou. Mas a união formal, disse ela, era uma cobrança da própria filha. "Disse a ela [Paola] que queria que ela levasse as alianças", afirmou Laura, ao mostrar o anel preto no anelar esquerdo.

E assim foi. Em março do ano passado, Laura e Paolo se casaram em uma cerimônia íntima para poucos convidados. Cenas tanto do pedido surpresa de casamento como do dia em que disseram "sim" foram mostradas ao público enquanto cantava "Il Nostro Amore Quotidiano".

Além de cantar, tocar e dançar, Laura também conversou com a plateia. Era como se o palco fosse a sala de estar da casa dela e o público fosse o convidado de uma noite especial para matar a saudade. "Fazia seis anos que eu não vinha [para o Brasil]. Estou falando muito esta noite", disse.

Foram várias as interações com a plateia. Em uma delas, disse que gostava de observar as pessoas enquanto cantava, e agradeceu alguns deles por tanto amor por seu trabalho. "Vocês cantaram em italiano e em espanhol. Eu amo vocês", disse.

Problemas sociais também fizeram parte do roteiro de Laura. Em "Eu Sim", lembrou das mulheres que sofrem com a violência, e em "Sorella Terra" fez um alerta para as graves consequências da mudança do clima. "O planeta está mudando e a salvação depende de nós", disse.

A surpresa da noite foi a participação especial do cantor Tiago Iorc, que fez a versão em português de "Durare". O videoclipe de "Durar (Uma Vida com Você)" foi gravado na Suécia e lançado em setembro de 2023.

A italiana Laura das canções mais românticas ficou para o final. "Inesquecível", "Strani Amore" e "La Solitudine" -esta última vencedora do Festival de Música Sanremo de 1993, que revelou a cantora italiana- deram o tom saudosista do espetáculo.

Após um vídeo em que mostra todos os prêmios que recebeu e as parcerias musicais que fez ao longo de sua carreira, Laura se despediu da primeira noite em São Paulo cantando "Se Fue".

O show em São Paulo faz parte da World Tour que começou em dezembro passado na Itália, já passou pelo Chile e Argentina e ainda segue para Equador, Colômbia e Estados Unidos antes de retornar para a Europa. Laura volta ao palco do Espaço Unimed neste domingo (3) com ingressos já esgotados.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Arte e Cultura

+ Arte e Cultura