Compartilhe este texto

Beyoncé revela que tem psoríase e se abre sobre 'relação sagrada' com seu cabelo

Por Folha de São Paulo

19/02/2024 18h30 — em
Arte e Cultura



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Beyoncé, que está lançando uma linha de produtos capilares, falou pela primeira vez sobre sua luta contra a psoríase, uma doença dermatológica que pode causar caspa, coceira e dor no couro cabeludo.

Em entrevista à revista americana "Essence", a diva do pop contou suas memórias relacionadas ao cabelo, desde a infância passada no salão da mãe até o pai aplicando óleo em seu couro cabeludo para tratar a psoríase.

"Esses momentos são sagrados para mim. Tenho muitas memórias lindas ligadas ao meu cabelo. A relação que temos com nosso cabelo é uma jornada muito particular", afirmou Beyoncé.

A cantora, de 42 anos, também falou sobre o senso de comunidade que existe nos salões e barbearias de bairro. "É um lugar para se sentir bonita, rir, dividir segredos e compartilhar sabedoria. É a comunidade mais consistente que temos. É uma espécie de santuário", afirmou.

Ela explica que batizou sua marca de Cécred, uma junção da última sílaba de seu nome com a palavra "sagrado" ("sacred", em inglês). "Do salão da minha mãe aos rituais com meu pai, dos anos de experiência em desenvolver uma linha de produtos capilares, a jornada foi exatamente isso: sagrada", diz.

Na entrevista, Beyoncé também falou sobre sua decisão capilar que chocou a internet em 2013, quando se livrou das longas madeixas e adotou um corte "joãozinho". "Eu amo como associamos momentos de nossas vidas a um estilo de cabelo", lembra. "Eu simplesmente decidi cortar tudo. Estava passando por uma metamorfose emocional e precisava externar isso."

"Muito da minha identidade como performer está conectada a um cabelo volumoso e esvoaçante. Cortar tudo foi minha rebelião contra ser essa mulher que a sociedade pensava que eu devia ser", explica. "Eu era uma recém-mãe e isso me trouxe libertação. Foi uma representação física da quebra de expectativas que eram colocadas sobre mim", relata.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Arte e Cultura

+ Arte e Cultura