Compartilhe este texto

Ator argelino morre horas antes de exibir seu filme no Festival de Cannes

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

20/05/2022 16h36 — em
Arte e Cultura



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator argelino Ahmed Benaissa morreu aos 78 anos nesta sexta-feira, horas antes de seu último filme, "Sons of Ramses", ser exibido no Festival de Cannes. A informação foi confirmada pelo Ministério da Cultura da Argélia.

O ator enfrentava uma doença prolongada. A distribuidora do filme no mercado internacional, a MK2 Films, afirmou por meio de uma publicação no Twitter que a exibição do longa em Cannes desta noite será dedicada a Benaissa. Ele interpreta um papel importante na trama, como o pai de Ramses.

"Estou profundamente triste pela morte repentina de Ahmed Benaissa. O filme não existiria sem ele, e palavras não conseguem expressar nossa dor ao exibir o filme em Cannes hoje", declarou em nota à imprensa Clement Cogitore, diretor de "Sons of Ramses".

Nascido na Argélia em 1944, ele se mudou para Paris, na França, onde estudou na Escola Nacional de Teatro. Tendo feito diversos filmes e peças teatrais ao longo da carreira, Benaissa começou no cinema com "Étoile aux Dents ou Poulou le Magnifique", dirigido por Derri Berkani e lançado em 1971. Posteriormente ainda viria a atuar em filmes como "Inimigos Íntimos", indicado ao Leão de Ouro no Festival de Veneza de 2018.

"A cena da arte perdeu um dos seus representantes proeminentes. Ele deixa para trás um legado teatral e cinematográfico artístico", escreveu o ministro da Cultura da Argélia, Sourieh Molougi, em homenagem ao artista.

"Ficamos cientes da morte repentina de Ahmed Benaissa. Todos os nossos pêsames à sua família e amados", afirmaram em nota conjunta as produtoras e distribuidoras MK2 , Kazak e Diaphana, responsáveis por "Sons of Ramses" em Cannes.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Arte e Cultura

+ Arte e Cultura