Arnica é poderoso anti-infamatório, melhora reumatismo e muito mais. Conheça benefícios

Por Portal do Holanda

24/07/2018 10h33 — em Cura pela Natureza

Foto: Reprodução

Da mesma família do girassol, a arnica é uma planta que tem efeito analgésico e anti-inflamatório, contribui para alivio de dores, inchaço e redução de hematomas. A comprovação dos benefícios da arnica veio segundo pesquisa realizada pela Universidade Federal do Paraná. As substâncias responsáveis por tantos bens são a inolina e a quercitina.

Certamente os mais antigos já ouviram dizer que a arnica é um santo remédio. A planta medicinal é usada há centenas de anos e realmente é muito eficaz para o tratamento de algumas lesões e doenças.

Benefícios da arnica

A arnica tem substâncias anti-inflamatórias, portanto, é indicada para auxiliar na cicatrização de feridas, combater hemorragias de ferimentos superficiais, lesões musculares, rompimento de ligamentos, distensões musculares, contusões e até reumatismo.

A planta ainda pode ser usada para clarear manchas roxas, como edemas e hematomas, para repelir insetos e amenizar coceiras causadas por eles, tratar verminoses, irritações de pele, cicatrizar furúnculos e até como desinfetante de ambientes. Além disso, tratamentos para oleosidade e queda de cabelo também usam a arnica.

Contra indicações

Por ser extremamente tóxica, é importante que antes de ingerir o chá de arnica orientações de um profissional sejam buscadas. Porém, para uso externo só é preciso tomar cuidado com o sol. Sempre que fizer compressas de arnica ou passar o gel, tenha certeza de que não há nenhum resquício da planta na pele antes de se expor ao sol, pois há risco de irritação e reação alérgica.

Para a ingestão de chá, a super dosagem pode causar náuseas, vômitos, dores abdominais, tontura, tremores, aumento da pressão arterial, arritmias cardíacas e até o aborto espontâneo.

Como preparar arnica

Compressa de Arnica:

Ferva água com flores de arnica, molhe um pano e faça compressas em regiões lesionadas ou com inflamações musculares.

Tintura de Arnica:

Em uma garrafa de álcool, acrescente folhas de arnica e deixe em repouso por dez dias. Depois de pronta, use em picadas de insetos, contusões e lesões musculares em geral.

Pomada de Arnica:

As pomadas podem ser encontradas em farmácias de produtos fitoterápicos ou naturais. É recomendada para fazer massagens em regiões lesionadas.

Gel de Arnica:

Os géis também podem ser encontrados em farmácias de produtos naturais ou fitoterápicos e, diferente da pomada, deixam a região com uma sensação refrescante. Recomenda-se massagear a área afetada já que tem também ação analgésica.