UEA concede Bolsa Trabalho a estudantes

Por

18/02/2013 12h02 — em Amazonas

 A Universidade do Estado do Amazonas   inicia programa inédito de apoio a alunos carentes, com a concessão inicial de 50 bolsas do programa Bolsa Trabalho, no valor de R$ 500 cada e adicional de R$ 70 para o transporte. Na primeira seleção de bolsistas, estão sendo beneficiados 28 estudantes da capital e 22 do interior do Estado, que recebem o auxílio como forma de minimizar a situação de vulnerabilidade social. O programa também estimula uma integração maior entre o aluno e a instituição.

“Por meio desta experiência inovadora, o aluno amplia sua inserção no meio universitário e passa a ter experiência de um trabalho administrativo. Ele vivencia e conhece o funcionamento da universidade. Há, sem dúvida, uma interação maior do aluno com universidade”, ressalta o pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade Estadual do Amazonas, José Mello.

 
Entre os bolsistas selecionados, há seis estudantes de Parintins, seis de Tefé e seis de Tabatinga. Os municípios de Lábrea e Manacapuru contam com dois universitários, cada um, participando do programa, que também estimula a permanência dos alunos na instituição. “É importante criar meios para que os alunos permaneçam na universidade. Percebemos que muitos alunos se enquadram numa condição de vulnerabilidade social e isso favorece a evasão escolar, ou mesmo a dificuldade de fazer o curso de forma regular. Nesse sentido, esse programa vem sanar esses problemas”, disse o pró-reitor.

 

O programa Bolsa Trabalho foi lançado em agosto do ano passado, com a publicação do edital de seleção dos alunos, que recebem remuneração por serviços prestados em projetos desenvolvidos dentro da UEA. Para concorrer é necessário que os estudantes estejam matriculados regularmente.

 

NULL