Resistência do Aedes aegypti a inseticidas é testada em armadilhas instaladas no Amazonas

Por Portal do Holanda

22/09/2021 5h58 — em Amazonas

Foto: Divulgação

Manaus/AM - Buscando avaliar a resistência do Aedes aegypti aos inseticidas utilizados para o combate às arboviroses (dengue, zika e chikungunya), a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-RCP) realiza, até sexta-feira (24), a instalação e coleta de armadilhas para o mosquito. A intenção é atrair as fêmeas do inseto que estejam no ambiente para a armadilha. No equipamento, as fêmeas vão colocar os ovos que serão utilizados para a pesquisa.

A armadilha consiste em um vaso preto com água parada até cerca da metade do recipiente, contendo solução fraca de levedo de cerveja, formando um ambiente atrativo para as fêmeas do mosquito. Dentro do vaso, há uma palheta de chapa de madeira, onde a fêmea irá depositar os ovos. Os equipamentos serão instalados na casa de moradores que aceitem contribuir com a pesquisa.

A ação ocorre por determinação do Ministério da Saúde para monitorar a resistência do mosquito aos inseticidas utilizados em todo o país. No Amazonas, os municípios selecionados para realizar as instalações foram Manaus, São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga. 

As amostras coletadas serão enviadas para a Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro (Fiocruz/RJ), onde será realizada a análise de resistência.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas