Operações consignadas serão suspensas temporariamente

Por

28/06/2014 16h37 — em Amazonas

As operações consignadas disponibilizadas aos servidores municipais serão temporariamente suspensas na próxima semana, entre os dias 1° e 4 de julho. A paralisação ocorrerá para mudança no sistema gerenciador, cujas atividades estão previstas para serem normalizadas no dia 7 de julho.

A medida foi decidida após reunião com a comissão responsável pelo contrato de prestação de serviço, formada por representantes da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), Processamento de Dados Amazonas S.A. (Prodam) e empresa Consignum.

“A suspensão é necessária e se dará seguindo orientação dos técnicos das áreas de Tecnologia da Informação e de Gestão de Rh, pois é um período onde ocorrerá treinamento de pessoal e ajustes finais no novo sistema que passará a responder por todas as modalidades de consignações”, explica o titular da Semad, Serafim Meirelles Neto.

As operações consignadas incluem empréstimos, planos de saúde e seguros de vida e são disponibilizadas aos servidores públicos efetivos, comissionados, temporários e celetistas do poder executivo municipal.  Com a mudança, o novo sistema será efetivado pela empresa Consignum.

“A mudança para a nova empresa deve ser precedida de um período para a transferência de informações e de arquivos, por isso há necessidade de uma paralisação temporária nessas operações”, explica o técnico da Dapb, Rainer de Souza. Ele diz ainda que para maiores esclarecimentos os servidores podem procurar orientação por meio do telefone 3215- 6344, da Semad, de segunda a sexta-feira, das 8h à 17h.