Homem é condenado a 19 anos por matar companheira a facadas em Manaus

Por Portal do Holanda

22/10/2021 2h41 — em Amazonas

Foto: Reprodução/TJAM

Manaus/AM - Jefferson da Silva Pinto foi condenado a 19 anos de prisão, em regime fechado, pelo crime de homicídio qualificado ao matar Stefane Rocha Chaves com 9 facadas. O crime ocorreu em 5 de março de 2019.

Após a condenação do réu pelo Conselho de Sentença, o magistrado presidente da sessão determinou que o réu cumprirá a pena em regime inicial fechado, permanecendo recolhido para apelar, vez que há requisitos para manutenção de sua segregação preventiva, considerando que após o crime, Jefferson evadiu-se. A prisão dele foi decretada em 6 de março de 2019 e cumprida no dia 3 de abril do mesmo ano. Do cumprimento da pena aplicada será abatido o período que Jefferson já esteve preso.

O crime

Conforme o inquérito policial que originou a denúncia apresentada pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM), em 5 de março de 2019, por volta de 15h, na Rua 1.º de Maio, bairro Nova Vitória, zona Leste de Manaus, Jefferson matou a facadas a então companheira, Stefane Rocha Chaves. De acordo com os autos, a vítima não queria mais conviver com o réu – em razão do envolvimento deste com uso de drogas e de ter descoberto que ele a traia, conforme testemunhas citadas no inquérito – e teria pedido que este voltasse a morar com a mãe, o que Jefferson não aceitava.

O Conselho de Sentença reconheceu a qualificadora do feminicídio e, por isso, este foi um dos agravantes que incidiram na penal aplicada ao réu pelo juiz. "O denunciado ceifou a vida de sua companheira no contexto de violência doméstica e familiar, bem como pelo fato da vítima ser a parte frágil do relacionamento, o que faz atrair a qualificadora objetiva do feminicídio", registrou a denúncia apresentada pelo MP.

Na época de sua morte, a vítima tinha apenas 19 anos e deixou órfã uma filha de 1 ano e quatro meses, fruto de seu relacionamento com Jefferson. O laudo necroscópico constante dos autos aponta que Stefane sofreu 9 perfurações pelo corpo, tendo algumas delas atingido o coração e os pulmões.

Da sentença ainda cabe apelação.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas