Escolas registram 414 casos suspeitos de Covid-19 no Amazonas

Por Portal do Holanda

27/11/2021 4h34 — em Amazonas

Foto: Divulgação

Manaus/AM - O monitoramento da Covid-19 em escolas no Amazonas registra 414 notificações de casos suspeitos da infecção de janeiro a 21 de novembro deste ano. As notificações são realizadas por gestores de escolas dos municípios, e a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas investiga os dados informados.

A estratégia, denominada “Vigilância Ativa nas Escolas”, abrange um sistema de vigilância em tempo real, pela busca ativa permanente de casos suspeitos ou confirmados (por testes de detecção de Covid-19) de síndromes respiratórias, incluindo a Covid-19, na comunidade escolar.

O controle nas escolas está centrado em um ponto focal de vigilância na pessoa do gestor da unidade e em profissionais da própria escola, capacitados pela FVS-RCP em técnicas de vigilância epidemiológica da Covid-19 e que atuam diuturnamente como sentinelas, monitorando a comunidade escolar.

Das 414 notificações, 230 casos são registrados por escolas da rede privada de Manaus, 91 são da rede pública de ensino também da capital e 93 casos da rede pública de educação do interior do estado.

Foram detectados 104 (25%) casos confirmados como casos de Covid-19 por meio de exames de detecção do novo coronavírus, e os outros 310 (75%) foram descartados. Dos 104 casos confirmados, 44 foram da rede privada, 35 da rede pública de Manaus, e os demais 25 da rede pública do interior.

As investigações ocorrem sob a coordenação do Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde do Amazonas (Cievs/FVS-RCP) que, além das notificações realizadas pelas gestões municipais de educação, também atuam no rastreio de relatos de casos confirmados em diferentes fontes de informação.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas