Equipes da FVS e Ministério da Saúde visitam famílias com rabdomiólise no Amazonas

Por Portal do Holanda

21/10/2021 11h12 — em Amazonas

Equipes em Parintins- Foto: Divulgação

Manaus/AM - Servidores da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS)  e do Ministério da Saúde realizam nesta quinta-feira (21), visitas às famílias de pacientes que foram diagnosticados com rabdomiólise no Amazonas.

O objetivo é aprofundar as investigações sobre o surto da doença, mais conhecida como "Doença da Urina Preta", que contaminou mais de 60 pessoas e levou à morte de uma mulher até o momento.

Uma das equipes técnicas visitam famílias em que foram registrados 26 casos suspeitos de rabdomiólise em Itacoatiara. 
 
Os técnicos vão conversar também com moradores da Comunidade de Novo Remanso e nos bairros Jauari, Santa Luzia e Jacarezinho.

A investigação também vai incluir a busca ativa por outras pessoas que tenham ingerido os pescados suspeitos de serem origem da contaminação e que não adoeceram. As equipes devem seguir em Itacoatiara até o dia 28 de outubro.
 
“É por meio dessa investigação de campo que se pode chegar a possíveis novas coletas de amostras de pescados ou amostras laboratoriais e, posteriormente, recomendações dos serviços de saúde para contenção de casos no município”, destaca Josielen Amorim, coordenadora do Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde do Amazonas (CIEVS/FVS).
 
Rabdomiólise no Amazonas

No total, são 111 casos notificados de rabdomiólise em 12 municípios. Destes, 61 foram considerados suspeitos e outros 50 foram descartados pela equipe do CIEVS/FVS-RCP.
 
Dos municípios que registraram casos suspeitos da doença, Itacoatiara tem maior número de notificações (53), entre suspeitos (29) e descartados (24). Os outros municípios que apresentam casos suspeitos de rabdomiólise são: Parintins (13), Manaus (6), Urucurituba (4), Silves (3), Maués (2), Autazes (1), Caapiranga (1), Itapiranga (1) e Manacapuru (1).
 
 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas