Diretor de escola é condenado por cortar cabelo de aluna no Amazonas

Por Portal do Holanda

13/05/2021 13h58 — em Amazonas

Foto: Reprodução

Manaus/AM - Ernesto de Jesus Cardoso, diretor da Escola Municipal Tsukasa Uetsuka, no município de Parintins, interior do Amazonas, foi condenado por ter cortado parte do cabelo de uma aluna durante o intervalo da aula.

“Esse caso começou em novembro de 2019 quando minha filha chegou em casa e falou que o cabelo dela tinha sido cortado na escola e ela disse que foi o Ernesto (Cardoso). Ela estava no corredor da Escola com umas cinco colegas e nessa hora o Ernesto passa e com uma tesoura cortou uma mexa do cabelo dela. Minha filha disse que ele (Ernesto) falou que foi tipo um castigo”, afirmou o pai da menina.

A sentença foi assinada no dia 08 de abril pela juíza Larissa Padilha Roriz Pena. Ela determinou três meses de prisão em regime aberto, perda dos direitos políticos, além de pagar os custos processuais.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas