Detentos de presídios no Amazonas se formam em cursos de eletricidade

Por Portal do Holanda

21/10/2020 21h52 — em Amazonas

Foto: Divulgação / Seap

Na tarde desta quarta-feira (21), foram entregues certificados de conclusão do curso de Eletricista para 20 internos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), e para 12 detentos da Unidade  Prisional do Puraquequara (UPP), pelo curso de Eletricista Predial.

O diretor do Compaj, Lucas Maceda, mostrou-se satisfeito e orgulhoso com a capacitação. Ele também destacou a importância que os cursos têm na recuperação dos internos e na sua reintegração à sociedade. “Cada curso, cada empreitada no rumo da ressocialização é muito importante. É muito gratificante para nós, que fazemos a gestão das unidades, perceber que existe sim a possibilidade de recuperação dos internos”, declarou.

"Com esse curso, eles têm grande chance de trabalhar como prestador de serviço ou dentro de uma empresa. Podem ainda criar o próprio negócio e assim, não depararem-se com situação de discriminação devido ao fato de terem passado pelo sistema prisional", disse o diretor da UPP, Felipe Abreu.

Remição pelo estudo - Os reeducandos recebem o direito à remição da pena pelo estudo, prevista na Lei de Execução Penal, de nº 12.433. Um dia de pena é remido a cada 12 horas de frequência escolar, caracterizada por atividade de ensino fundamental, médio, inclusive a profissionalizante, superior, ou ainda de requalificação profissional.