Pressionado, governo do DF recua e flexibiliza restrições mesmo com avanço de Covid

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

27/02/2021 16h33 — em Variedades

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), publicou neste sábado novo decreto ampliando as atividades econômicas que poderão funcionar no período que vigorarem as medidas de restrição devido ao agravamento da pandemia da Covid-19.

O decreto entra em vigor à 0h deste domingo (28) e tem validade até o dia 15 de março. O decreto anterior, divulgado desta sexta-feira (27), estabelecia regras menos flexíveis e não tinha prazo de validade.

Em entrevista neste sábado, as restrições devem seguir até o índice de ocupação das UTIs baixar dos atuais 95% para 85%. "A expectativa é que isso aconteça até sexta-feira (5)", afirmou Ibaneis.

Pressionado por diversos setores econômicos, Ibaneis Rocha recuou e ampliou o leque de atividades autorizadas a abrirem as portas, incluindo todo o segmento da construção civil, cartórios, hotéis, papelarias, bancas de jornal e até mesmo escritórios de profissionais autônomos, como os de advocacia e contabilidade.

governador informou que a quantidade de ônibus e trens do Metrô não será reduzida.

Ibaneis decidiu baixar o decreto após a ocupação dos leitos de UTIs (Unidades de Tratamento Intensivo) alcançar 98% no DF.

Em um primeiro momento, no início da tarde desta sexta, o governador havia produzido um decreto com a previsão apenas de restrição noturna e partir da segunda-feira (1). Foi criticado nas redes sociais por parte da população e por adversários políticos.

Mais tarde, em novo decreto, ele decidiu antecipar as medidas e ampliar as restrições. Não proibiu, por exemplo, o funcionamento de "cultos, missas e rituais de qualquer credo ou religião", atividades que seguem liberadas na medida anunciada neste sábado.

Nas redes sociais, Ibaneis afirmou que "muitos" o perguntam porque missas e cultos são permitidos. Ele disse que no DF foi aprovada lei, questionado no Tribunal de Justiça, que define igrejas e templos como serviços essenciais. "Sou obrigado a cumprir", disse.

De acordo com o governador, tratativas estão sendo feitas com o Ministério da Saúde para que haja uma ampliação na oferta de UTIs no DF.

Afirmou que até a sexta-feira (5) o GDF terá condições de ofertar mais 100 unidades, o que, segundo ele, baixará o índice de ocupação para 85%.

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Variedades