Mulher que pedia R$ 50 mil para não divulgar fotos de vítima é presa em SC

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

26/11/2021 16h37 — em Variedades

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Polícia Civil prendeu uma mulher, de idade não revelada, em Ituporanga, interior de Santa Catarina, suspeita de praticar extorsão. Na operação, também foi apreendido o celular da suspeita.

A investigação começou em julho após uma vítima procurar a Delegacia de Polícia Civil de Apiúna para relatar que havia conhecido uma mulher pela internet. Segundo relato da vítima, ela teria trocado algumas fotos por aplicativo de mensagens e iniciado um relacionamento online.

Durante o relacionamento, a investigada passou a solicitar valores para fazer uma cirurgia e diante da negativa passou a exigir da vítima o valor de R$ 50 mil, caso contrário criaria uma página em rede social para divulgar as conversas íntimas e fez outras ameaças.

Em seguida, a investigada passou a narrar que havia registrado um boletim de ocorrência contra a vítima na Delegacia de Polícia Civil de Ituporanga e exigiu depósitos de R$ 5.000, R$ 3.000 e R$ 2.500.

Durante a investigação, a polícia descobriu que a mulher havia praticado o mesmo tipo de crime contra outra vítima em maio de 2021, exigindo o valor de R$ 200 mil para que não fosse à delegacia de polícia.

A presa foi encaminhada para a Unidade Prisional Avançada de Ituporanga e ficou à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Ascurra. Ela será indiciada pelo crime de extorsão previsto no art. 158 do Código Penal, cometido através do ambiente cibernético.

Italiano cai em golpe pela internet Na terça-feira (24), um jogador italiano de vôlei revelou em um programa de televisão ter sido vítima na internet durante 15 anos de uma pessoa que usava a imagem da modelo brasileira Alessandra Ambrosio. Segundo Roberto Cazzaniga, ele chegou a perder cerca de 700 mil euros (R$ 4,3 milhões) com a "relação".

O jogador afirma que chegou a pedir empréstimos para conseguir enviar dinheiro para a namorada virtual. Mas foi a ajuda dos amigos e dos familiares, que procuraram o programa de televisão, que teriam feito o atleta descobrir o golpe e apresentar queixa à polícia.

O programa de TV também localizou a mulher que Cazzaniga mandava dinheiro, mas ela negou tudo.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Variedades