Compartilhe este texto

Mulher morre após realizar cirurgia estética em hospital em BH

Por Folha de São Paulo

29/05/2024 19h16 — em
Variedades



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Uma mulher morreu nesta quarta-feira (29) após realizar uma cirurgia estética no bairro Jardim Atlântico, em Belo Horizonte.

A mulher de 28 anos foi operada no Hospital Bellagio. O estabelecimento, especializado em cirurgias plásticas, não detalhou o procedimento pelo qual a paciente foi submetida, mas informou que ele foi realizado na terça-feira (28) e que a mulher morreu na manhã desta quarta-feira.

O óbito foi constatado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Os socorristas foram acionados às 5h29 para atender a paciente, de acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte.

Hospital diz que a operação foi realizada conforme protocolos médicos. O médico responsável pela cirurgia e o estabelecimento permanecerão colaborando com as autoridades para esclarecer as circunstâncias, informou a administração.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) e passará por exames. A Polícia Civil de MG informou que instaurou um inquérito e enviou uma equipe de perícia ao local para realizar "os trabalhos de praxe".

Prontuário da paciente deve ser mantido em sigilo. O hospital reforçou que, de acordo com a lei, o conteúdo do prontuário da mulher deverá ser discutido privativamente entre a equipe médica, a família e as autoridades competentes.

O estabelecimento tem alvará sanitário vigente. A última vistoria da Vigilância Sanitária foi realizada no último dia 15, e não foram encontradas irregularidades, segundo a Prefeitura de Belo Horizonte.

A administração do Hospital Bellagio lamentou o ocorrido. O hospital diz que está oferecendo todo apoio técnico e emocional aos entes da vítima. "Queremos expressar nossas sinceras condolências à família e aos amigos, os quais continuarão acolhidos pela nossa equipe", diz a nota enviada pelo hospital.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades